Menu fechado

Cachorro-do-mato resgatado ferido na Anhanguera é tratado e reinserido no habitat  

Concessionária Entrevias mantém parcerias para o tratamento e reabilitação de animais silvestres encontrados por equipes de inspeção  

Sertãozinho, 9 de junho de 2022.  A parceria da Entrevias Concessionária de Rodovias com o Bosque e Zoológico Fábio Barretos, de Ribeirão Preto, possibilitou a recuperação de um cachorro-do-mato e sua reintegração à natureza, em uma unidade de conservação na região.

O canídeo foi encontrado ferido, com algumas fraturas, às margens da SP-330 (Rodovia Anhanguera) próximo a Jardinópolis, no dia 13 de maio, e resgatado pela equipe de Operação da Concessionária Entrevias, que fez a captura e manejo adequado e posteriormente o encaminhamento até o bosque.

Ele chegou a sofrer um traumatismo cranioencefálico, mas devido à reabilitação e tratamento recebidos apresentou uma recuperação que chamou a atenção até  mesmo dos veterinários, o que possibilitou a sua soltura 25 dias depois de ter sido resgatado.

O cachorro do mato (cerdocyon thous) é um animal selvagem da família dos canídeos, que inclui outras espécies como a raposas, lobos, coiotes e chacais. Não deve ser confundido com cachorro doméstico, até porque tem papel importante na manutenção do ecossistema, pois ajuda a controlar a população de suas presas, como insetos e répteis.

Desde novembro de 2020, a Entrevias mantém uma parceria com o bosque, para o qual encaminha os animais silvestres encontrados nas rodovias sob a concessão da empresa em Ribeirão e região – um total de 299 quilômetros.  A Concessionária investe e recursos e ações voltadas ao desenvolvimento e manutenção de projetos socioambientais que contribuem para a preservação da fauna e flora, com o objetivo de reduzir ao máximo possíveis impactos decorrentes da consolidação do negócio, como por exemplo os casos de atropelamentos de animais, sejam eles domésticos ou silvestres.

No trecho Sul da Concessão, a parceria para o encaminhamento de animais silvestres é com a Associação Protetora de Animais Silvestres (APPAS) de Assis. Animais encontrados ao longo dos 271 quilômetros de rodovias de na região de Marília e Assis são encaminhados pela Concessionária e recebem tratamento adequado pela associação.

Cuidados

Diariamente, cerca de 200 câmeras de monitoramento observam o trecho sob concessão e rotas de inspeção de tráfego circulam pelas rodovias, acionando diferentes recursos operacionais sempre que necessário, como a apreensão de animais, por exemplo, que é feita com uma viatura específica para esse tipo de ação. Informações sobre a presença de animais também chegam por meio do 0800 da empresa, que imediatamente aciona uma equipe para ir até o local e retirar o animal da pista, evitando riscos a ele e aos usuários de rodovia. No caso de animais silvestres encontrados feridos, a empresa faz a captura e transporte direcionando-os até o bosque. No trecho sob a gestão da companhia, quando se constata a presença de animais silvestres, é mais comum casos de capivaras, gambás, lobos-guará e, em menor proporção, onças-pardas.

Os animais que chegam ao Bosque são atendidos e passam por avaliação no programa “Uma Nova Chance”, pelo qual é feito o resgate, reabilitação e soltura.

O Bosque também recebe animais silvestre feridos e/ou resgatados do IBAMA, Polícia Ambiental e Corpo de Bombeiros.

Recolhimento de animais e parcerias

Conjuntamente, a Entrevias também desenvolve ações educativas com usuários de rodovia, reforçando sobre a necessidade de avisar a empresa em caso de animais na pista e sinaliza as rodovias com placas indicativas sobre a presença deles nas proximidades das vias.

“A companhia busca maneiras de encontrar equilíbrio mesmo em meio às expansões do negócio, pensando em maneiras de mitigar os impactos. O meio ambiente precisa cada vez mais de ações como essas, para que as rodovias possam conviver de forma sustentável com a natureza e os animais sejam protegidos e resgatados”, afirma Osnir Giacon, gerente de Meio Ambiente da Entrevias.

Parcerias também são estabelecidas com instituições de acolhimento de animais na região, para as quais são enviados animais domésticos, bovinos e equinos quando capturados nas estradas.

Caminho da fauna

No trecho administrado na região de Ribeirão Preto e entorno, a Concessionária cuida de cinco passagens inferiores de fauna silvestre. Todas estão localizadas na SP-322, entre os municípios de Pontal, Pitangueiras e Bebedouro. Esses locais recebem manutenção mensal e acompanhamento pela área de Meio Ambiente da empresa.

No trecho sob concessão da empresa na região de Marília, onze novas passagens de fauna estão sendo construídas e acompanham o cronograma das obras de duplicação, entre os km 343 até o 396, de Marília a Assis. Das onze, quatro no perímetro de Marília, quatro em Echaporã e duas em Assis.

Sobre a Entrevias Concessionária de Rodovias 

A Entrevias Concessionária de Rodovias é responsável pela operação, manutenção e modernização do lote Rodovias do Centro-Oeste Paulista, com 570 quilômetros de vias no eixo entre Florínea, na divisa com o Paraná, e Igarapava, na divisa com Minas Gerais. O contrato de concessão assinado com o governo do Estado de São Paulo por meio da Artesp, agência reguladora dos transportes, prevê investimentos de R$ 3,9 bilhões na restauração de rodovias, ampliação da malha viária e implantação de tecnologias e inovações que contribuam para prestação de serviços de alta qualidade aos usuários. Visite o site da empresa: www.entrevias.com.br.

 

Canal de Ética e Privacidade