Menu fechado

Campanha da Entrevias para evitar animais na pista foca em gatos e cachorros

Objetivo é conscientizar donos de pets sobre os riscos de acidentes e o crime de abandono

A Entrevias Concessionária de Rodovias inicia neste mês de outubro a segunda etapa da campanha de conscientização de proprietários de animais sobre os riscos de acidentes que eles provocam em rodovias e as penalidades para o crime de abandono. O programa começou em junho, focando nos donos de animais de grande porte, como cavalos e bovinos, e agora concentra na preservação de gatos e cachorros.

O objetivo é mostrar aos donos de animais domésticos a importância de cuidar do pet, dar atenção, carinho e proteção, eliminando maus-tratos e abandonos e, consequentemente, evitando que eles cheguem às rodovias, onde ficam expostos ao perigo e provocam graves acidentes. A campanha e outras medidas preventivas estabelecidas pela concessionária já vêm surtindo efeito positivo. Desde o início da campanha, em junho, em alguns trechos rodoviários de Ribeirão Preto houve uma redução de cerca de 50% de acidentes com animais de grande e médio porte, e na região de Marília uma redução de 27%.

Estratégia

A campanha conta com postagens temáticas nas redes sociais, que já estão sendo feitas, spot em rádios, abordagem individual a moradores que têm criação de animais e carros de som que circulam pelas comunidades lindeiras com mensagens de cuidados e prevenção. “Mantenha seu animal em local seguro e longe das rodovias. Temos registros em diversos pontos das rodovias, inclusive em trechos urbanos de Ribeirão Preto e Marília, de acidentes envolvendo animais. Além do carinho e alimentação, o animal deve receber os devidos cuidados e não ficar solto pelas ruas ou faixa de domínio, correndo o risco de ser atropelado e causar até mesmo acidentes fatais com os motoristas”, alerta Marcelo Danelucci, coordenador de Meio Ambiente da Entrevias.

Outro ponto da campanha é esclarecer que animais não são descartáveis e seu abandono configura crime descrito na nova Lei Federal nº 14.064/20, que altera a Lei nº 9.605/1998. A mudança na lei aumentou a pena de detenção para até cinco anos para crimes de maus-tratos a cães e gatos, o que inclui o abandono.

Com a ação, a concessionária busca a promoção de mais segurança aos usuários de rodovias, diminuir os números de acidentes envolvendo animais e preservar a vida dos próprios bichinhos.

Monitoramento

A Entrevias atua em diversas frentes para restringir a presença de animais soltos nas rodovias. Além das 380 câmeras e das viaturas de inspeção de tráfego que monitoram as rodovias 24 horas – o que possibilita a retirada do animal da pista –, outra equipe trabalha preventivamente realizando contato direto com moradores lindeiros que possuem algum tipo de criação.

“Temos um cadastro das propriedades e isso nos ajuda a fazer visitas e explicar quais são as responsabilidades dos donos dos animais e o perigo que é deixar animais soltos. Se identificarmos um problema severo, notificamos o proprietário, inclusive judicialmente se for necessário”, afirma Danelucci.

Caso o usuário se depare com um animal na pista, pode comunicar imediatamente a Entrevias pelo 0800-3000-333.

 

Canal de Ética e Privacidade