Menu fechado

Entrevias vai implantar 30 passagens de fauna na SP-333

Assegurar o cuidado com a fauna é dos conceitos das obras de duplicação que acontecem na região

 

As obras de duplicação da SP-333, na região de Marília, vão oferecer mais segurança também para a vida dos animais silvestres. No projeto da Entrevias Concessionária de Rodovias está prevista a construção de trinta passagens de fauna subterrâneas e a revitalização de outras seis, essas já concluídas. A passagem permite a travessia dos animais de um lado a outro da rodovia sem que circulem pela pista, evitando atropelamentos e risco de acidentes aos motoristas.

Para a concessionária, as passagens de fauna são essenciais nos projetos de ampliação de rodovias. “Conseguimos fazer uma fusão do habitat dos animais com as necessidades impostas pelas obras de infraestrutura. Assim, reduzimos a mortalidade dos animais, conduzindo-os para uma circulação subterrânea segura”, explica Marcelo Danelucci, coordenador de Meio Ambiente da Entrevias.

Passagens de fauna

A Entrevias finalizou recentemente as obras de duplicação de 19 quilômetros da SP-333 entre Marília e Júlio Mesquita, trecho que conta com três novas passagens de fauna e outras seis que foram revitalizadas.

Outras 16 passagens de fauna serão implantadas no  trecho também em duplicação entre Marília e Echaporã, do quilômetro 337 e 385. E, de Echaporã a Assis, do quilômetro 385 ao 401, serão mais 11. “A construção dessas 27 passagens de fauna já começou, a previsão é de que estejam concluídas junto com as obras de duplicação. Preservar a fauna e a flora durante obras de duplicação é tão importante quanto levar uma rodovia segura e moderna ao usuário", diz Henrique do Val, superintendente de Engenharia da Entrevias.

As principais espécies de animais silvestres encontradas na região são tatu, capivara e quati. Ao longo da SP-333 placas orientam os motoristas a diminuir a velocidade e a ligar para a concessionária caso avistem um animal.

Canal de Ética e Privacidade