Menu fechado

Entrevias faz 4 anos com 83 quilômetros da SP-333 em duplicação e redução de índices de acidentes  

Concessionária já concluiu 8,6 quilômetros e outros 19 ficam prontos em breve na região de Marília

A Entrevias Concessionária de Rodovias completou quatro anos de concessão neste mês e entra no quinto ano com um extenso cronograma de obras de duplicação e modernização das rodovias, principalmente na região de Marília. A empresa entregou no primeiro ano de concessão, em julho de 2018, 8,6  quilômetros  de pista duplicada na SP-333 e, atualmente, executa 83 quilômetros de ampliação na mesma rodovia, proporcionando melhor escoamento do tráfego e acessos entre os municípios do Centro-Oeste paulista. O investimento nessas obras é de aproximadamente R$ 275 milhões. Os trechos em duplicação são:

  • 19 quilômetros  entre Marília e Júlio Mesquita, já em reta final de construção.
  • 64 quilômetros entre Marília a Assis, uma obra mais complexa, com 14 dispositivos, como retornos comuns e subterrâneos.

Nas obras de infraestrutura, o investimento em sinalização horizontal e vertical e a implantação de diversos dispositivos trouxeram um relevante resultado à segurança dos usuários da SP-333: redução de 42% de vítimas fatais e 5,84% de acidentes em 2020 comparado com 2019.

Destaque

Entre os 14 dispositivos em construção, o destaque fica para aquele que está localizado quilômetros 356, que ligará Echaporã a Oscar Bressane e Oscar Bressane a Marília, e já está em fase de concretagem e início de montagem da laje com todas as vigas prontas no local. Já os dispositivos dos quilômetros  369 e 370, que darão acesso ao município de Echaporã bem como acessos de retorno, uma das obras está em fase de fundação e a outra concretando a laje, já no quilômetro 377, a obra está mais avançada, sendo feitas as alças que darão acesso à área de parada de carga excepcional, já prontas, e a futura área de descanso de caminhoneiro que será construída . Neste momento, trabalham 800 pessoas nas obras. “Estamos em pleno avanço com as obras na região de Marília. Começamos o quinto ano de concessão entregando em breve mais um trecho duplicado e os usuários podem ter a certeza de que os melhores materiais e tecnologia estão sendo usados ”, conta Eugênio Santos, gerente de Obras da Entrevias.

Passarelas

Além das duplicações, a Entrevias construiu três passarelas, recuperou outras quatro  e iniciou, nesta semana, a construção de duas passarelas próximas à cidade de Echaporã, tudo isso na rodovia SP-333. Uma das passarelas entregues foi próximo a Universidade de Marília (UNIMAR), uma necessidade dos estudantes e funcionários do local. "Nosso Campus está inserido em um importante bairro residencial e há outros inúmeros bairros e condomínios próximos separados por um movimentado entroncamento rodoviário, com fluxo de veículos de passeio, caminhões e ônibus. A entrega da obra da passarela foi sinônimo de progresso para nossa região. Não só os nossos acadêmicos, docentes e colaboradores ganharam em agilidade e segurança para acessar o campus, mas também toda a comunidade mariliense que está frequentando a Universidade durante a Campanha de Imunização contra a Covid-19. Em nome da Unimar, parabenizamos a Entrevias pelos quatro anos de atuação em nossa cidade e desejamos ainda mais sucesso nos projetos de transformação e progresso de toda a e região", comenta Márcio Mesquita Serva, Reitor da Unimar.

Postos Gerais de Fiscalização

Para deixar o trânsito ainda mais fluido e pensando no tempo de viagem do caminhoneiro, além das duplicações, obras de construção de dois Postos Gerais de Fiscalização (PGFs) estão em andamento na rodovia SP-333. Um deles, no quilômetro 447, pista leste, na Rodovia Miguel Jubran, em Florínea, com 11.300 metros quadrados, e outro no quilômetro 235, pista oeste, na Rodovia Dona Leonor Mendes de Barros, em Pongaí, com 11.700 metros quadrados. Ambos estão na fase de terraplanagem e construção dos prédios administrativos.

Os PGFs contarão com uma balança com o Sistema WIM de pesagem dos caminhões em movimento e, além do prédio de controle, que já tem suas bases construídas, ficará um fiscal para análise de documentação, quando necessário. A previsão de conclusão dessas obras é entre o fim deste ano e início do próximo.

Canal de Ética e Privacidade