Menu fechado

Entrevias compartilha imagens de monitoramento com a Polícia Rodoviária

Parceria na região de Ribeirão Preto vai aprimorar fiscalização e atendimento de ocorrências; dezessete placas informam motoristas sobre videomonitoramento

 

Visando aumentar a segurança e o rápido atendimento de ocorrências, a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) terá acesso às câmeras de monitoramento instaladas pela Entrevias Concessionária de Rodovias na região de Ribeirão Preto. Ao todo, são cerca de 200 câmeras posicionadas ao longo das rodovias da região. Com acesso a algumas dessas imagens, a PMRv poderá multar aqueles que infringirem o Código de Trânsito.

A concessionária instalou 17 placas educativas que informam os usuários das rodovias sobre a fiscalização por videomonitoramento, conforme a resolução 471 do CONTRAN. Assim, os motoristas devem estar atentos para não cometerem infrações de trânsito, como  deixar de usar cinto de segurança, usar o celular ao volante, ultrapassar em faixa contínua, trafegar pelo acostamento, entre outras.

Câmeras de monitoramento

A Entrevias monitora o tráfego em tempo real, 24 horas por dia, através das câmeras instaladas nas rodovias para oferecer mais segurança aos usuários. Operadores do Centro de Controle Operacional (CCO) acompanham o movimento e acionam os departamentos responsáveis para os mais diferentes tipos de ocorrências - de suporte e emergências a pedidos de informações.

Em casos de acidentes e imprudências graves, as imagens gravadas pela concessionária podem ser repassadas normalmente às autoridades policiais. Com essa nova parceria, a PMRv terá acesso às imagens em tempo real, sem a necessidade da transmissão. “Usuários de rodovias precisam respeitar as normas de trânsito, a velocidade indicada para cada trecho e lembrar que um trânsito seguro depende de todos”, comenta Jorge Baracho, gerente de Operações da Entrevias.

Instalação das Placas

As placas que informam os motoristas sobre o videomonitoramento da PMRv foram produzidas e instaladas pelo time de Conservação da Entrevias. “ Para o início da operação fizemos reuniões com o policiamento militar rodoviário. Em seguida, a Conservação fez a produção e implantação das placas, em locais com boa visualização para o usuário”, conta Bruno Marin, gerente de Conserva da Entrevias.

 

 

 

Canal de Ética e Privacidade