Menu fechado

Entrevias socorreu 2,6 mil motoristas por pane seca em 2020 

Além de infração de trânsito, tanque vazio pode causar transtornos ao viajante 

                                                                      

Sertãozinho, 25 de janeiro de 2021. A Entrevias Concessionárias de Rodovias registrou 2.635 atendimentos para veículos que ficaram sem combustível durante a viagem em 2020, sendo cerca de 10% desse serviço realizado somente em dezembro. Os dados incluem as duas regiões em que a empresa mantém operação, Ribeirão Preto e Marília, com 570 quilômetros de rodovias sob concessão.   

O destaque de casos é do Trecho Norte, em Ribeirão Preto e região, que em 2020 foi responsável por 73,5% dos registros de pane seca em comparação com o Trecho Sul, na região de Marília.  

Segundo o gerente de Operações da Entrevias, Jorge Baracho, ficar sem combustível, além de causar transtornos e atrasar a viagem, pode ser perigoso. Ele aconselha algumas medidas, caso o motorista perceba que vai precisar fazer uma parada. “Até a chegada no posto de combustível mais próximo, o ideal é evitar aceleração e freadas bruscas. Desligar o ar-condicionado também auxilia na economia de combustível. Na dúvida se conseguirá terminar ou não a viagem, a recomendação é que sempre abasteça o veículo em quantidade que considera suficiente para a autonomia e pesquisar a existência de postos na rota”, explica.  As orientações para diminuir o consumo de combustível também são compartilhadas nos canais das redes sociais da Entrevias (instagram.com/entreviasoficial e linkedin.com/entrevias)

A manutenção do veículo também é item primordial, principalmente quando se tem alguma viagem planejada. Com ela, é possível evitar problemas mecânicos, inclusive o motor consumirá menos combustível. Além dos cuidados que devem ser mais frequentes como alinhamento e balanceamento, uma vez que com esse serviço feito os pneus se desgastam menos, evita trepidações, previne o atrito dos pneus no solo além do necessário e não deixa que o veículo perca desempenho. “Ao abastecer para uma viagem é importante também calibrar os pneus, porque caso estejam murchos influenciarão diretamente no rendimento do veículo, pois geram mais atrito com a via”, acrescenta Baracho.  

Para atender esse e outros tipos de ocorrências, a Entrevias mantém equipes treinadas em todas as rodovias, com 48 viaturas de diferentes tipos, entre elas veículos para inspeção de tráfego, guinchos, ambulâncias, captura de animais e caminhão-pipa.  

Canal de Ética e Privacidade