Menu fechado

Entrevias retoma operação com Balança Móvel em rodovias da região

A utilização da balança móvel para verificar veículos pesados segue uma escala de revezamento em quatro pontos diferentes em municípios do entorno de Ribeirão Preto

Sertãozinho, 10 de novembro de 2020. A Entrevias Concessionária de Rodovias retomou, ao longo dos 299 quilômetros de rodovias que administra na região de Ribeirão Preto, a Operação Balança em caráter fiscalizatório, em quatro postos de fiscalização na região de Ribeirão Preto. A medida ocorre após sete meses de suspensão devido à pandemia pelo novo coronavírus.

A utilização da balança móvel segue uma escala de revezamento em quatro pontos diferentes.  Na Rodovia Anhanguera (SP-330), em dois municípios: Aramina e Jardinópolis. Na Rodovia Armando de Salles Oliveira (SP-322), a operação ocorre em Pitangueiras. A iniciativa é desenvolvida em conjunto com o DER-SP – Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e recebe o apoio da PMRV (Polícia Militar Rodoviária), se necessário. Também é fiscalizada pela Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo).

A mobilização acontece de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. Motoristas de caminhão são informados sobre a operação por meio de placas que indicam a presença de balança na rodovia. Nos casos de excesso no PBT – Peso Bruto Total ou por grupo de eixos, o motorista será orientado sobre as normas previstas na legislação de trânsito e receberá um auto de infração.

“Por determinação do DER-SP, a fiscalização de peso de cargas transportadas na malha do programa de concessões rodoviárias paulista foi retomada depois de muitos meses, cujo foco havia sido direcionado ao apoio e suporte aos caminhoneiros durante a pandemia”, explica Jorge Baracho, gerente de Operações da Entrevias.

 Tecnologia     

Para a realização da pesagem, a balança móvel é embarcada em automóvel tipo furgão. Esta tecnologia consiste em células de carga que são posicionadas no pavimento de passagem para veículos comerciais, geralmente nos recuos existentes nas rodovias. Alimentado por gerador, o mecanismo envia informações em tempo real ao monitor para aferição do peso.

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) define que a tolerância por eixo é de 7,5% e de 5,0% para peso bruto total.

“Nos casos em que houver inconformidade, o motorista será orientado sobre os limites da norma e autuado. A fiscalização é importante, sobretudo, porque ajuda a orientar o condutor sobre a necessidade de estar alinhado às regras do transporte rodoviário, o que ajuda a refletir em mais segurança nas estradas e em sus diferentes tráfegos”, conclui Jorge Baracho, gerente de Operações da Entrevias.

O Contran orienta ainda que a tolerância de 10% por eixo só vale para quem respeitar o limite de 5% do PBT – Peso Bruto Total e/ou PBTC – Peso Bruto Total Combinado. Em situações de excesso de largura, altura e comprimento sem a devida AET – Autorização Especial de Trânsito, o transportador estará sujeito à autuação por parte da equipe do DER-SP, que estará presente.

Sobre a Entrevias Concessionária de Rodovias – A Entrevias Concessionária de Rodovias é responsável pela operação, manutenção e modernização do lote Rodovias do Centro-Oeste Paulista, com um total de 570 quilômetros de vias no eixo entre Florínea, na divisa com o Paraná, e Igarapava, na divisa com Minas Gerais. O contrato de concessão assinado com o governo do Estado de São Paulo – Artesp é a agência fiscalizadora – prevê investimentos de R$ 3,9 bilhões na restauração de rodovias, ampliação da malha viária e implantação de tecnologias e inovações que contribuem para prestação de serviços de alta qualidade aos usuários. Visite o site da empresa: www.entrevias.com.br. Em caso de emergência nas rodovias ligue para 0800-3000-333.